História da vida de um carrinho sem sorte que todos os dias teme o destino traçado em direcção a um monte de sucata.

Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Eu, o Forfie...

E-mail

Últimas desgraças...

Código da Estrada - Gener...

Perguntas frequentes

Licença Creative Commons

Certa noite tive um sonho

Mecânica - Generalidades

Limites gerais de velocid...

Funcionamento de um motor...

Contra-ordenações muito g...

Funcionamento de um motor...

Êmbolos ou pistões

Contra-ordenações graves

Pensamentos...

No princípio era um carri...

No stand

As que mais gostei...

No princípio era um carri...

Desgraças ordenadas...

Código da Estrada

Mecânica

ensaio

faqs

Licença

todas as tags

Desgraças esquecidas...

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Por onde páro...


... aos meus amigos
 
js

Horóscopo

É claro que este horóscopo não é meu. É do meu dono. Li isto na MagikTuning 25 e acho que condiz MESMO com ele, um misto de Aquário e Peixes:
 
Aquário
Vanguardista como poucos olha para o carro e vê... uma jarra com flores. Acha que é tuner, mas na verdade nem sabe o que é um automóvel! Por isso deve deixar de inventar cenas! Isso de substituir os bancos por colchões de água é realmente muito à frente...
 
Peixes
Junta duas características perigosas num tuner: é indeciso e deslumbra-se com facilidade. Ora isto significa que não sabe o que quer para o seu carro, só sabe que quer alterá-lo! E por outro lado não pode ver nada de diferente que quer logo colocá-lo no seu carro. Estamos a ver qual é o resultado...

Estatísticas

StatCounter
 
Visitantes
desde 9 de Maio de 2006

 
Nível de Page Rank do Google 
selo_dardevolta

Pesquisa

Google.pt

Neste blogue na Internet

Informações


Se estiver a tirar a carta de condução de pesados, seja de mercadorias (categoria C) ou de passageiros (categoria D), ou simplesmente se interessa por coisas de Mecânica ou do Código de Estrada encontra aqui um excelente artigo onde se encontram muitas informações que se poderão revelar de extrema importância na hora de realizar o Exame de Mecânica.
Se pretender conhecer as contra-ordenações graves devido a infracções às disposiçôes do Código da Estrada e legislação complementar encontra aqui um excelente artigo.
 

O Forfie aconselha uma visita ao

um site dedicado à solidariedade, Língua Portuguesa e Universo Lusófono


inFormação

Aprender a Conduzir
AutoHoje Online
Turbo Online
*
Mecânica
Mecânica Online
Autopédia
blogs SAPO

subscrever feeds

Menu rápido

Forfie, o menu do blog
Projecto Forfie:
O Projecto Forfie é uma dualidade entre um ensaio literário e uma obra técnica. Pode-se dizer que este blogue se iniciou como um ensaio de uma nova forma de escrita, no qual o autor pretendeu fazer uma incursão por novas áreas do seu trabalho, dando-lhe uma orientação marginal e acercando-se de um novo estilo, no entanto, a dada altura, usou-o também como bloco de apontamentos acrescentando-lhe meia dúzia de artigos técnicos, cujo interesse foi sobejamente demonstrado pelos novos leitores que entretanto afluíram, provenientes não só de buscas realizadas com o Google e o Sapo, mas também através de hiperligações que aos poucos foram pululando pela Internet como cogumelos, tornando desde então a cisão entre os dois temas impensável, mas requerendo uma dissociação do teor dos mesmos de forma a não misturar algo tão distinto, o que se consegue recorrendo ao menu de acesso rápido, que permite ao leitor/utilizador navegar dentro dos artigos que lhe proporcionam melhor resposta às suas necessidades, podendo ao mesmo tempo, se a sua curiosidade o instigar, deambular por algo em que até essa altura não tinha manifestado interesse.
Licença:
Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada na sua totalidade sob uma Licença Creative Commons. Pode-se usar e consultar livremente, copiar, distribuir e exibir ou criar obras derivadas, desde que seja mencionado o endereço deste site em lugar relevante, e se for alterada, transformada, ou criada outra obra com base nesta, somente se poderá distribuir o produto resultante sob uma licença idêntica. Em caso algum se poderá utilizar esta obra ou suas derivadas com finalidades comerciais, mesmo indicando a origem.
Características do ensaio literário:
- Uma obra de ficção
- Um projecto para uma futura série infantil
Características da obra técnica:
- Profundamente desenvolvida
- De fácil interpretação e aprendizagem
- De utilização gratuita
- Desenvolvimento constante e actual
- Algumas informações baseadas em conteúdos disponibilizados na Internet, e aqui agrupados
- Pesquisável
- Funcional e útil
- Trabalho voluntário utilizado na concepção e desenvolvimento
Compatibilidade:
Testado e funcional com: IE 5.0/5.5/6.0, Mozilla 1.4/1.7, Opera 7.11/7.23/7.51, Netscape 7.11, Firefox 0.7/0.8/0.9/1.0/1.5, Safari 1.2
Se o seu navegador não se encontra aqui listado, envie-me um Obrigado.

Prefácio

Forfie - o Prefácio
    À primeira vista, o leitor mais desatento dirá que esta é uma história para crianças, ou então, pensará que talvez seja um ensaio sobre algum novo tipo de estilo para passar ao papel meia dúzia de palavras, sentimentos e ideias, mas a admiração surge quando se apercebe que o protagonista é nem mais nem menos que... um carro?!!!...
    O certo é que o autor exagerou ao vestir a pele do carro, quis pensar como ele pensaria e ver o mundo da mesma forma que ele veria se tivesse o dom da vida, mas empolgou-se de tal forma que criou um diário, contou uma história... e continua a completá-la, dia após dia, talvez destinada mesmo a crianças, ou à criança que há em todos nós...
 

    Vkthor
    ...--.--....---.-.
    Powered by Vkthor
    1 de Maio de 2006

 

A história do Forfie começa aqui...

No princípio era um carrinho na linha de montagem... No stand
Novos artigos estão já alinhavados na gaveta, dispersos por meia centena de folhas e diversos blocos de apontamentos, aguardando pacientemente a sua divulgação, que será feita tão rapidamente quanto possível. Para os mais apressados e anciosos, apelo só para que tenham um pouco mais de paciência.


O Forfie ajuda...

... disponibilizando também informações sobre Código da Estrada e sobre Mecânica Automóvel! Veja no menu lateral em Últimas desgraças ou utilize o Menu rápido abaixo.


Sugestões, comentários, exercícios, artigos ou qualquer outro tipo de colaboração, são bem vindos. Obrigado.
 
Forfie

Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

Limites gerais de velocidade

Limites gerais de velocidade
Tipo de veículo Loc Est IC AE
Máquinas agrícolas, motocultivadores e máquinas industriais sem matrícula 30 30 - -
Tractores agrícolas ou florestais 30 40 - -
Ciclomotores, quadriciclos e tratocarros 40 45 - -
Motociclos de cilindrada inferior a 50cc 40 60 - -
Máquinas industriais com matrícula 40 70 70 80
Motociclos de cilindrada superior a 50cc e sem carro lateral 50 90 100 120
Motociclos de cilindrada superior a 50cc com carro lateral ou reboque (-0,20)
50 70 80 100
Tricíclos 50 80 90 100
Automóveis ligeiros de passageiros e mistos sem reboque 50 90 100 120
Automóveis ligeiros de passageiros e mistos com reboque (-0,20)
50 70 80 100
Automóveis ligeiros de mercadorias sem reboque 50 80 90 110
Automóveis ligeiros de mercadorias com reboque (-0,10,20)
50 70 80 90
Automóveis pesados de passageiros sem reboque (triciclos) 50 80 90 100
Automóveis pesados de passageiros com reboque (-0,10,0,10)
50 70 90 90
Automóveis pesados de mercadorias sem reboque ou com semi-reboque 50 80 80 90
Automóveis pesados de mercadorias com reboque (-10)
40 70 70 80

Nas auto-estradas nenhum veículo pode transitar a uma velocidade inferior a 50Km/h
sinto-me:
Aquele som...: Camel - Mirage - 05) Lady fantasy.mp3
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 13:39
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Funcionamento de um motor de explosão a 2 tempos

[[Esquema em construção]]

Normalmente, um motor a 2 tempos não usa o cárter como depósito de óleo. A lubrificação obtém-se adicionando 5% de óleo directamente à gasolina durante o abastecimento. Quando se dá a explosão da mistura gasosa, o óleo contido no combustível é projectado em todas a direcções do cilindro, permitindo depois a lubrificação do êmbolo e restantes partes móveis.

O motor possui duas janelas para comunicar com o exterior e uma entre o cilindro e o cárter:

  • A janela de escape, colocada na parte inferior do cilindro e que faz a comunicação deste com o exterior, permitindo a saída dos gases queimados provenientes da explosão;
  • A janela de comunicação entre o cilindro e o cárter;
  • A janela de admissão, por onde vai ser introduzida a mistura gasosa formada pelo ar e pelo combustível.
  1. Ao ser iniciado o movimento ascendente do êmbolo, este obstrui todas as janelas, sendo comprimida a mistura gasosa existente na parte superior do cilindro durante esta parte do passeio do êmbolo.
  2. Ultrapassando a janela de admissão, esta fica a descoberto, permitindo a admissão da mistura gasosa no cárter.
  3. Quando o êmbolo atinge o PMS (ponto morto superior) dá-se a explosão, devido à inflamação dos gases produzida pela libertação da faísca na vela, pelo que estes empurram o êmbolo em direcção ao PMI (ponto morto inferior), produzindo assim trabalho e movimentando o eixo de manivelas. Durante esta parte do passeio, o êmbolo vai obstruindo a janela de admissão, enquanto vai libertando a de escape possibilitando a saída dos produtos provenientes da combustão.
  4. Até chegar ao PMI, o êmbolo liberta completamente a janela de passagem entre o cárter e o cilindro permitindo que a mistura gasosa seja direccionada para o cilindro, acabando de empurrar os gases queimados que ainda aí se encontrem.
  • Após a expulsão dos gases o motor fica nas condições iniciais permitindo que o ciclo se repita.

Imagem disponibilizada em Wikimédia Commons: GFDLicence

===Sinónimos===
êmbolo (pt-PT) ou pistão.
escape (pt-PT) exaustão (pt-BR)
veio (ou eixo) de manivelas (pt-PT), cambota (pt-PT), virabrequim (pt-BR), árvore de manivelas (pt-BR)




Licença
Estas informações são disponibilizadas como domínio público, podendo-se fazer delas qualquer tipo de uso embora seja deveras apreciada uma indicação sobre a sua origem.
Veja este artigo também publicado na Wikipédia.

Versão 1.0a/Build 01- 19JUN2006: Public release
 
sinto-me:
Aquele som...: Bob Marley & The Wailers - Uprising - Zion Train
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 11:19
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 18 de Junho de 2006

Contra-ordenações muito graves

As contra-ordenações classificam-se em leves, graves e muito graves. São contra-ordenações leves todas as que não forem classificadas como graves ou muito graves.


Constitui contra-ordenação muito grave,

Condução sob a influência de álcool:
  • A condução sob a influência de álcool em que o condutor apresente uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,8g/l, punível com coima de 360 a 1800€ e inibição de conduzir de 2 a 24 meses (constituindo crime se igual ou superior a 1,2g/l, punível com pena de prisão até 1 ano ou multa até 120 dias se pena mais grave não couber por força de outra disposição legal e proibição de conduzir de 3 a 36 meses).

Condução sob a influência de estupefacientes ou psicotrópicos:
  • A condução sob a influência de substâncias legalmente consideradas como estupefacientes ou psicotrópicas (podendo ainda constituir crime).

Excesso de velocidade:
  • O excesso de velocidade superior a 60Km/h sobre os limites legalmente impostos quando praticado pelo condutor de motociclo ou de automóvel ligeiro, ou superior a 40Km/h quando praticado pelo condutor de automóvel pesado, de veículo agrícola, de máquina industrial ou de ciclomotor, podendo ainda constituir crime.
  • O excesso de velocidade superior a 40Km/h sobre os limites de velocidade estabelecidos para o condutor, podendo ainda constituir crime.

Trânsito:
  • O trânsito de veículos em sentido oposto ao legalmente estabelecido quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Sinalização:
  • A utilização nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, dos separadores de trânsito ou de aberturas eventualmente neles existentes.

Iluminação:
  • O trânsito de veículos sem utilização dos dispositivos de iluminação, quando obrigatória, nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos.
  • A utilização dos máximos de modo a provocar encandeamento.

Cedência de passagem:
  • O desrespeito das regras e sinais de cedência de passagem nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Ultrapassagem:
  • O desrespeito das regras e sinais de ultrapassagem nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Mudança de direcção:
  • O desrespeito das regras e sinais de mudança de direcção nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Inversão do sentido de marcha:
  • O desrespeito das regras e sinais de inversão do sentido de marcha nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Marcha atrás:
  • O desrespeito das regras de marcha atrás nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.

Paragem ou estacionamento:
  • A paragem ou o estacionamento nas faixas de rodagem das auto-estradas ou das vias reservadas a automóveis e motociclos.
  • A paragem ou o estacionamento nas faixas de rodagem, fora das localidades, a menos de 50m dos cruzamentos e entroncamentos, curvas ou lombas de visibilidade insuficiente.
  • O estacionamento de noite, nas faixas de rodagem fora das localidades.

Triângulo de pré-sinalização de perigo:
  • A não utilização do sinal de pré-sinalização de perigo nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, quando obrigatório.

Trânsito nas auto-estradas:
De notar que algumas das infracções a seguir descriminadas já foram indicadas nos parágrafos anteriores, tendo sido repetidas aqui por uma questão de identidade com este grupo.
  • O trânsito de veículos em sentido oposto ao legalmente estabelecido quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.
  • O trânsito de veículos sem utilização dos dispositivos de iluminação, quando obrigatória, nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos.
  • A entrada nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos por locais diferentes dos acessos a esses fins destinados.
  • A paragem ou o estacionamento nas faixas de rodagem das auto-estradas ou das vias reservadas a automóveis e motociclos.
  • O desrespeito das regras e sinais de cedência de passagem nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.
  • O desrespeito das regras e sinais de ultrapassagem, podendo ainda constituir crime.
  • O desrespeito das regras e sinais de mudança de direcção, podendo ainda constituir crime.
  • O desrespeito das regras e sinais de inversão do sentido de marcha nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.
  • O desrespeito das regras de marcha atrás nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, podendo ainda constituir crime.
  • A utilização nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos, dos separadores de trânsito ou de aberturas eventualmente neles existentes.
  • A não utilização do sinal de pré-sinalização de perigo, quando obrigatório.
  • A saída das auto-estradas ou das vias reservadas a automóveis e motociclos por locais diferentes dos acessos a esses fins destinados.
Estas informações são disponibilizadas como domínio público, podendo-se fazer delas qualquer tipo de uso embora seja deveras apreciada uma indicação sobre a sua origem.

Versão 1.0a/Build 01- 18JUN2006: Public release
sinto-me:
Aquele som...: Blink182 - I Miss You
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 21:29
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Junho de 2006

Funcionamento de um motor de explosão a 4 tempos

Funcionamento de um motor de explosão a 4 tempos -- Imagem Wikimedia Commons: GFDLicence    Considerando o uso de apenas duas válvulas que são comandadas pelos ressaltos de árvore de cames, uma designada por válvula de admissão (à direita na animação), que permite a introdução no cilindro de uma mistura gasosa composta por ar e combustível e outra designada como válvula de escape (à esquerda na animação), que permite a expulsão para a atmosfera dos gases queimados, o ciclo de funcionamento de um motor de combustão a 4 tempos é o seguinte:
  1. Com o êmbolo (também designado por pistão) no PMS (ponto morto superior) é aberta a válvula de admissão, enquanto se mantém fechada a válvula de escape. A dosagem da mistura gasosa é regulada pelo carburador, por um sistema de injecção directa (em tudo semelhante a um sistema de injecção Diesel) ou pela injecção electrónica, em que se substitui o comando mecânico destes sistemas por um electrónico e conseguindo-se assim melhores prestações, principalmente quando solicitadas respostas rápidas do motor. O êmbolo, impelido pelo veio de manivelas, move-se então até ao PMI (ponto morto inferior). A este passeio do êmbolo é chamado o primeiro tempo do ciclo, ou tempo de admissão.
  2. Fecha-se nesta altura a válvula de admissão, ficando o cilindro cheio com a mistura gasosa, que é agora comprimida pelo pistão, impulsionado no seu sentido ascendente em direção à cabeça do motor  pelo veio de manivelas até atingir de novo o PMS. Na animação observa-se que durante este movimento as duas válvulas se encontram fechadas. A este segundo passeio do êmbolo é chamado o segundo tempo do ciclo, ou tempo de compressão.
  3. Quando o êmbolo atingiu o PMS, a mistura gasosa que se encontra comprimida no espaço existente entre a face superior do êmbolo e a cabeça do motor, denominado câmara de combustão, é inflamada devido a uma faísca produzida pela vela e explode. O aumento de pressão devido ao movimento de expansão destes gases empurra o êmbolo até ao PMI, impulsionando desta maneira o veio de manivelas e produzindo a força rotativa necessária ao movimento do eixo do motor que será posteriormente transmitido às rodas motrizes. A este terceiro passeio do êmbolo é chamado o terceiro tempo do ciclo, tempo de explosão, tempo motor ou tempo útil, uma vez que é o único que efectivamente produz trabalho, pois durante os outros tempos, apenas se usa a energia de rotação acumulada no volante (solidário com o veio), o que faz com que ele ao rodar permita a continuidade do movimento do veio de manivelas durante os outros três tempos.
  4. O cilindro encontra-se agora cheio de gases queimados. É nesta altura, em que o êmbolo impulsionado pelo veio de manivelas retoma o seu movimento ascendente, que a válvula de escape se abre, permitindo a expulsão para a atmosfera dos gases impelidos pelo êmbolo no seu movimento até ao PMS, altura em que se fecha a válvula de escape. A este quarto passeio do êmbolo é chamado o quarto tempo do ciclo, ou tempo de escape.
Após a expulsão dos gases o motor fica nas condições iniciais permitindo que o ciclo se repita.
Imagem disponibilizada em Wikimédia Commons: GFDLicence

===Sinónimos===
cabeça do motor (pt-PT) ou cabeçote (pt-BR)
êmbolo (pt-PT) ou pistão (pt-PT/pt_BR)
injecção electrónica (pt-PT) ou injeção eletrônica (pt-BR)
tempo de escape (pt-PT) ou tempo de exaustão (pt-BR)
válvulas (pt-PT) ou válvulas de cabeçote (pt-BR)
válvula de escape (pt-PT) ou válvula de exaustão (pt-BR)
veio (ou eixo) de manivelas (pt-PT), cambota (pt-PT), virabrequim (pt-BR), árvore de manivelas (pt-BR)

Estas informações são disponibilizadas como domínio público, podendo-se fazer delas qualquer tipo de uso embora seja deveras apreciada uma indicação sobre a sua origem.


Versão 1.0a/Build 01- 17JUN2006: Public release
sinto-me:
Aquele som...: Avril Lavigne - Under my Skin - My Happy Ending
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 18:50
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Junho de 2006

Êmbolos ou pistões

Êmbolo ou pistãoPeça de corpo tubular em ferro ou liga ligeira, que se move longitudinalmente no interior do cilindro. Está dividida em três partes:
  • A parte superior, denominada cabeça, que é fechada, delimitando a câmara de combustão;
  • A parte média, normalmente chamada de corpo, onde existem dois orifícios circulares reforçados para alojar o eixo do êmbolo que o une à biela;
  • A parte inferior, designada por saia.
O corpo e a saia do êmbolo são ocos, para permitir a ligação à biela e o movimento pendular desta.

Na parte exterior da cabeça, o pistão tem pelo menos três sulcos, nos quais são colocados segmentos, também designados por 'aros de êmbolo' e que servem para garantir a estanquicidade devido a ter de existir uma certa folga entre o cilindro e o corpo do êmbolo. Esta folga garante que ao dilatar-se com o aquecimento do motor, o êmbolo não se agarre ao cilindro, ficando impedido de se movimentar.

Estas informações são disponibilizadas como domínio público, podendo-se fazer delas qualquer tipo de uso embora seja deveras apreciada uma indicação sobre a sua origem.
Veja este artigo também publicado na Wikipédia.

Versão 1.0a/Build 01- 16JUN2006: Public release
sinto-me:
Aquele som...: Aqua - Aquarium - 07) Be A Man
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 21:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Junho de 2006

Contra-ordenações graves

As contra-ordenações classificam-se em leves, graves e muito graves. São contra-ordenações leves todas as que não forem classificadas como graves ou muito graves.


Constitui contra-ordenação grave,

Condução sob a influência de álcool:
  • A condução sob a influência de álcool em que o condutor apresente uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,5g/l, punível com coima de 240 a 1200€ e inibição de conduzir de 1 a 12 meses (ou muito grave quando igual ou superior a 0,8g/l, constituindo crime se igual ou superior a 1,2g/l).

Excesso de velocidade:
  • O excesso de velocidade superior a 30Km/h sobre os limites legalmente impostos quando praticado pelo condutor de motociclo ou de automóvel ligeiro, ou superior a 20Km/h quando praticado pelo condutor de automóvel pesado, de veículo agrícola, de máquina industrial ou de ciclomotor (ou muito grave quando o excesso de velocidade for superior a respectivamente 60Km/h ou a 40Km/h), podendo ainda constituir crime.
  • O excesso de velocidade superior a 20Km/h sobre os limites de velocidade estabelecidos para o condutor (ou muito grave quando o excesso de velocidade for superior a 40Km/h), podendo ainda constituir crime.
  • O trânsito com velocidade excessiva para as características do veículo ou da via, para as condições atmosféricas ou de circulação ou nos casos em que a velocidade deva ser especialmente moderada.

Trânsito:
  • O trânsito de veículos em sentido oposto ao legalmente estabelecido (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Sinalização:
  • O desrespeito da obrigação de parar imposta pelo agente fiscalizador ou regulador de trânsito, pela luz vermelha de regulação do trânsito ou pelo sinal de paragem obrigatória nos cruzamentos, entroncamentos e rotundas.
  • A transposição ou a circulação em desrespeito de uma linha longitudinal contínua delimitadora de sentidos de trânsito ou de uma linha mista com o mesmo significado.

Iluminação:

  • O trânsito de veículos sem utilização dos dispositivos de iluminação, quando obrigatória (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos).

Cedência de passagem:
  • O desrespeito das regras e sinais de cedência de passagem (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Ultrapassagem:
  • O desrespeito das regras e sinais de ultrapassagem (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Mudança de direcção:
  • O desrespeito das regras e sinais de mudança de direcção (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Inversão do sentido de marcha:
  • O desrespeito das regras e sinais de inversão do sentido de marcha (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Marcha atrás:
  • O desrespeito das regras de marcha atrás (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos), podendo ainda constituir crime.

Passagens de nível:
  • O desrespeito das regras de atravessamento de passagem de nível.

Peões:
  • O desrespeito pelo trânsito de peões nas passagens para o efeito assinaladas, podendo ainda constituir crime.
  • A não cedência de passagem aos peões pelo condutor que mudou de direcção dentro das localidades, podendo ainda constituir crime.

Paragem e estacionamento:
  • A paragem ou o estacionamento nas bermas das auto-estradas ou das vias reservadas a automóveis e motociclos (ou muito grave quando praticada nas faixas de rodagem das auto-estradas ou das vias reservadas a automóveis e motociclos).

Triângulo de pré-sinalização de perigo:
  • A não utilização do sinal de pré-sinalização de perigo fora das localidades, quando obrigatório (ou muito grave quando praticado nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos).

Trânsito nas auto-estradas:
  • O desrespeito das regras de trânsito de automóveis pesados e de conjuntos de veículos nas auto-estradas ou nas vias reservadas a automóveis e motociclos.

Estas informações são disponibilizadas como domínio público, podendo-se fazer delas qualquer tipo de uso embora seja deveras apreciada uma indicação sobre a sua origem.

Versão 1.0a/Build 01- 14JUN2006: Public release
sinto-me:
Aquele som...: Alicia Keys - Diary of Alicia Keys - If I ain't got you
Desgraças ordenadas...:
publicado por Forfie às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

as minhas fotos